Zerando a conta

A nova decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a coligação de partidos nos estados deixou os caciques políticos da maioria dos partidos brasileiros em pânico. Aqui em Goiás, onde me encontro agora, o candidato do PMDB ao governo, Maguilo Vilela, que esparava contar com o apoio do PT e do PSB à sua candidatura agora teme não ter esses partidos como aliados.
O atual governador, do PP, provavelmente terá que marchar sozinho no próximo pleito, se não houver revisão da decisão do TSE. Por sua vez, o PFL local considera que a sua candidatura ao governo saiu fortalecida com a nova medida da Justiça Eleitoral.
Como aconteceu em todo o país, o PMDB do senador Romero Jucá, em Roraima, também ficou numa situação delicada. O partido havia decidido não apresentar candidato próprio à Presidência da República para ficar livre nos estados, com o objetivo de eleger pelo menos 15 governadores.
Com isso, a sigla ficaria livre para se coligar da forma que quisesse nos estados. Romero Jucá, pré-candidato peemedebista ao governo estadual, iria apoiar a candidatura à reeleição do presidente Lula. Com o endurecimento das regras da verticalização, isso será impossível.
Os partidos PTB e PL, que decidiram não apoiar nenhuma candidatura ao Palácio do Planalto, mas que em Roraima já havia manifestado seu apoio à reeleição do governador Ottomar Pinto (PSDB), agora também estão em maus lençóis.
Caso prevaleça a nova regra, eles não poderão se coligar o tucanato roraimense. No fundo, todos os líderes partidários sabiam da abrangência das regras da verticalização. Só estavam dando uma de desentendido e fazendo uma interpretação da legislação eleitoral de acordo com as suas conveniências.
Agora, com o pronunciamento do presidente do TSE, que diminui a promiscuidade partidária, todos afirmar ter sido pegos de surpresa. Agora, todos os partidos serão obrigados a rediscutir e redefinir suas políticas de coligações. Vão ter que zerar a conta, que para alguns já estava fechada, e refazer os cálculos. Isso é no que dá trabalhar em cima das conveniências e não fazer uma leitura correta da lei, que por si só ja estava bem clara.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!