Desdobramentos do caso Renan

Tempo de leitura: 1 minuto

Depois de vários blogs linkarem o Senado Federal com a expressão “Vergonha Nacional” em seus posts, fazendo com que qualquer busca no Google a essa expressão traga como resultado primeiro o site da Casa Legislativa brasileira – click aqui Vergonha Nacional e veja – agora surgiu uma nova campanha na rede. É o “Cansei, vou pintar a cara – Fora Renan”, que propõe que os brasileiros adotem o dia 5 de outubro para se manifestar contra a absolvição do senador boiadeiro Renan Calheiros (PMDB-AL) pintando a cara como forma de protesto.

Não sei se diante da desfaçatez e da pouca vergonha dos políticos brasileiros isso vai adiantar de alguma coisa. Pintar a cara para quê? Para servir de palhaço? De palhaço essa corja política já nos faz todos os dias. Demonstração de indignação os brasileiros têm de dar nas urnas ou promovendo uma revolução social para varrer do Congresso Nacional esses pulhas que pensam que somos idiotas.

Enquanto o povo continuar vendendo e trocando seu voto por migalhas ou votando na base do compadrio, sem medir as consequências dos seus atos, vamos assistir a essa descompostura nacional. Sabe de uma coisa, cansei desses pseudo-movimentos que adotam como slogar o verbo “Cansei”. É preciso deixar o cansaço de lado e se mobilizar de forma eficaz. Que tal ocupar o Congresso, as assembléias legislativas, as câmara municipais em dias de sessão e exigir respeito desses senhores. Isso é muito mais eficaz do que pintar a cara. 1992 ficou para trás. É preciso pensar numa nova forma de agir.

Comente com o Facebook