A presença  de centenas de pessoas no Espaço D’Rose Eventos no lançamento oficial da pré-candidatura de José de Anchieta (PSDB), na manhã desta sexta-feira (13), foi encarada e “vendida” pelos apoiadores do tucano como uma demonstração de força e de que ele tem grandes chances de sucesso no pleito deste ano. 

O tucano conseguiu até aqui o apoio de sete partidos: MDB, SD, DEM, PSD, DC, PPS e PROS e com eles vai tentar pavimentar o caminho de volta ao Palácio Senador Hélio Campos. Em seu discurso, Anchieta disse ser preciso acabar com os desmandos do atual governo e “colocar Roraima novamente nos trilhos do desenvolvimento”.

“Nós estamos unidos, todos esses partidos, para que a gente possa fazer um grande projeto para o desenvolvimento do Estado”, disse Anchieta na manhã de ontem.

A pergunta que fica no ar é: qual desenvolvimento? Anchieta, ao final do seu governo casado com Chico Rodrigues, em 2014, deixou o estado endividado e com vários fornecedores sem receber suas faturas.

Andando pelo interior de Roraima, como faço todos os meses, muita gente diz não estar disposta nem a manter o atual governo nem fazer um mergulho no passado, dando uma segunda chance a Anchieta.

Muita gente fala em anular o voto ou em votar em branco por pura falta de esperança e perspectiva.

Entre os apoiadores de Anchieta está a prefeita Teresa Surita que, depois de desistir de concorrer ao governo, parece estar disposta a entrar de cabeça na campanha do tucano, com todos os riscos de desgaste que isso possa representar.

“Eu quero que não fique nenhuma dúvida quanto ao meu comportamento. Eu estou com Anchieta 100%”, destacou a gestora de Boa Vista, no evento de ontem.

O deputado Jalser Renier por sua vez discursou falando em respeito ao povo de Roraima. Disse que “o grupo se uniu por respeito ao povo de Roraima e ao trabalho que o pré-candidato Anchieta desenvolveu quando foi governador do Estado”.

Segundo Jalser, “o projeto do grupo é transformar Roraima em um estado próspero e com mais qualidade de vida”. Durante o governo de Anchieta, a prosperidade chegou para muitos deputados e correligionários do tucano, inclusive o próprio Jalser. Já a maior parte da população do estado, as pessoas mais pobres, não podem dizer a mesma coisa.

A percepção e manifestação das pessoas nas redes sociais até aqui é a de quem não acredita muito nesse projeto.  

Comente com o Facebook