O deputado estadual Brito Bezerra (Progressistas) quer celeridade na apreciação e votação do substitutivo do Projeto de Lei n° 17/2018, que trata sobre a política de Reposição Florestal no Estado de Roraima. A proposta tem o objetivo de possibilitar a recuperação da atividade madeireira no estado.

Hoje em entrevista a este blogueiro, o parlamentar disse ter protocolado na Assembleia Legislativa, um requerimento com a assinatura de outros 13 deputados, pedindo a realização de uma sessão extraordinária, em regime de urgência, para que a matéria seja votada.

“Precisamos destravar o setor madeireiro, para isso é necessário aprovar essa nova legislação que vai habilitar novas empresas para oferecer crédito florestal às indústrias madeireiras”, disse Brito Bezerra.

Segundo Brito, das 45 empresas madeireiras em atuação no estado 38 estão com as atividades paralisadas por falta de reposição florestal, o que impacta diretamente a vida de 2.600 trabalhadores diretos dessa indústria. Falta empresas habilitadas para vender crédito de carbono. O projeto visa solucionar esse problema.

Comente com o Facebook