audiência mototáxi câmara municipal

Câmara de Boa Vista quer regulamentar serviço de mototáxi

A Câmara Municipal de Boa Vista discutiu nesta terça-feira (17), em audiência pública, a regulamentação do serviço de mototáxi na capital de Roraima. De acordo com dados apresentados pelo Conselho Municipal das Cidades, hoje existem 320 mototaxistas operando de forma organizada numa cooperativa e outros 120 trabalhando avulsos.

Entidades representativas da categoria interessada, assim como de taxistas convencionais e de motoristas táxi lotacão foram convidadas para o evento, assim como representantes da Emhur, do Conselho Municipal das Cidades e da Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran).

Se depender de alguns dos vereadores que são candidatos a cargos de deputado estadual e federal nas eleições deste ano, o projeto que regulamenta o serviço será aprovado pela Casa.

O vereador Renato Queiroz (PSB), por exemplo, que pretende disputar uma vaga na Câmara Federal, garantiu aos presentes que o projeto que regulamenta o serviço de mototáxi vai, sim, ser aprovado, mas com regras bastante rigorosas. Outro que defendeu a regulamentação urgente do serviço ainda no anúncio da audiência pública desta manhã foi o vereador Júlio César de Medeiros (Podemos).

Conselho da Cidade defende regulamentação do serviço de mototáxi

O vice-presidente do Conselho Municipal das Cidades, Ricardo Matos, também defendeu a regulamentação do serviço. Segundo ele, é uma utopia dizer que regulamentar os mototaxistas vai aumentar os acidentes de trânsito.

“Isso é balela”, afirmou para desagrado dos taxistas de lotacão que estavam presentes na Casa. “Hoje o serviço já existe, mas não tem regras. Atualmente 320 mototaxistas estão passando diariamente pelos corredores públicos sem nenhuma fiscalização”, completou.

Outras vozes que defenderam a regulamentação do serviço justificaram que dos 15 municípios de Roraima, 11 já o regulamentaram. Para os representantes dos motoristas de táxi lotacão e das empresas de transporte coletivo, a regulamentação do serviço trará ainda mais prejuízos.

O Plenário da Câmara era tomado por gritos de provocação e discordância sempre que cada representante de categoria usava o microfone para defender seu ponto de vista.

Zélio Mota diz que falta estudo de viabilidade para implantação do serviço de mototáxi

vereador Zélio Mota

O verador Zélio Mota defende a necessidade da apresentação de um plano de viabilidade que justifique a implantação regulamentar do serviço de mototáxi

Para o vereador Zélio Mota (PSD), líder do Executivo na Câmara, o debate foi importante, mas faltou a apresentação de um estudo de viabilidade para a implantação desse sistema alternativo de transporte de passageiros.

“Foi dado o primeiro passo, e foi importante para que nós possamos formar nosso juízo de valor sobre o tema, mas ainda é preciso observar os prós e contras dessa questão. Nós só vamos conseguir chegar num consenso quando for apresentando um prognóstico com dados que mostrem a viabilidade da implantação do serviço”, disse.

Mota entende que a audiência cumpriu o seu papel de levantar o debate e até mesmo evidenciar a necessidade de um estudo mais aprofundado que permita avançar nessa questão.

“O Poder Executivo considera importante o debate, mas é inadiável a apresentação, pelos interessados, de um estudo que mostre a real necessidade da implantação desse serviço”, frisou.

O parlamentar disse que seu gabinete estará aberto para receber essas entidades que se pronunciaram aqui na audiência pública, de forma a aprofundar a ideia e ver da possibilidade ou não de implantação desse serviço.

“Afinal, esse é um assunto complexo, pois enquanto uma categoria defende a regulamentação, outra, como é o caso dos motoristas de táxi lotação, dizem que não, que haverá mais prejuízos do que ganhos”, ponderou.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!