Candidatos do PROS acusam presidente de partido de infidelidade e falta de compromisso com filiados

O ambiente interno está intranquilo no PROS em Roraima. Candidatos a deputado estadual e federal acusam o presidente da sigla, Raul Lima, de prestigiar o candidato à Câmara Federal, Lúcio Vilela (PPL), em detrimento das candidaturas do próprio partido, o que configura infidelidade partidária.

Até o tempo de televisão na propaganda eleitoral gratuita foi dado inicialmente quase que exclusivamente a Vilela, enquanto o único candidato a deputado federal do PROS, Wirlande da Luz, e os estaduais ficaram excluídos das inserções. A atitude, encarada como desleal para com os filiados do PROS, detonou o clima de insatisfação na sigla.

Foi preciso subir o tom com Raul Lima e levar o caso à Executiva Nacional para que a postura excludente do presidente regional em relação aos candidatos mudasse.

Outra questão que aumentou o clima de tensão no PROS foi a não liberação dos recursos do Fundo Partidário para os candidatos da sigla, como prometido inicialmente. Lima é acusado de estar preocupado apenas com sua própria candidatura a deputado estadual.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!