Desde que seu nome começou a ser ventilado para uma possível candidatura ao Governo de Roraima, o empresário do agronegócio, Antônio Denarium, passou a receber manifestações diversas de apoio dentro do seu segmento. Em entrevista ao Blog do Luiz Valério, o agropecuarista e produtor de soja disse que a “história da pré-candidatura” tomou proporções nunca antes imaginadas. Ele afirma, no entanto, que a decisão acerca de uma pré-candidatura vai depender do apoio que conseguir agregar da classe produtiva até a chegada do período próprio para as convenções partidárias.

Denarium diz que a ideia da candidatura surgiu de um grupo de empresários e entidades representativas de classes que, insatisfeitos com os rumos dados para o Estado, querem chamar pra si a responsabilidade de trazer o verdadeiro progresso para Roraima.

Ao ver Antônio Denarium despontar na imprensa como possível pré-candidato ao cargo de governador, também surgiu no eleitorado a curiosidade sobre quem, na verdade, é o empresário. Qual a sua origem? De onde ele veio? O que faz? Pois bem, ele concedeu esta entrevista ao blog com o objetivo de se apresentar para aqueles que ainda não o conhecem de fato.

Saiba quem é Antônio Denarium

Shares
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Antônio Denarium diz que toda a sua vida foi dedicada ao trabalho no campo e na iniciativa privada

Antônio Denaruim é goiano, tem 54 anos e é filho de agricultor. Seu nome de batismo é Antonio Olivério. Ele é casado e pai de três filhos nascidos na capital roraimense.
O empresário veio para Boa Vista em 1991, há exatos 27 anos, para desempenhar a função de gerente do Banco Bamerindus, que naquela época era o terceiro maior banco privado do Brasil. Ele foi o gerente mais jovem dentre as mais de 1.300 agências da empresa.

Quando o Bamerindus foi adquirido pelo HSBC, Antônio Denarium aproveitou o programa de acertos com ex-funcionários levado a efeito pela empresa e com o dinheiro recebido e as economias de anos de trabalho abriu, em 2001, a empresa ‘Denarium Fomento Mercantil Ltda’, que atuava no mercado financeiro e também já possuía uma propriedade Rural. “Antes, eu era conhecido como Antônio do Bamerindus. Depois, passei a ser conhecido e chamado de Antonio Denarium”, destacou.

Uma vez fora do sistema bancário como funcionário, Denarium passou a dedicar-se à administração imobiliária e as suas propriedades rurais. Nunca participou de licitação em nenhuma esfera pública, como gosta sempre de repetir. Pecuarista e agricultor, o empresário planeja plantar este ano 1.100 hectares de soja e milho. Em 2017 foi presidente da Comissão organizadora da colheita de Soja em Roraima, apostando que uma das vocações de grande potencial do estado é a produção de alimentos.

Atualmente ele ocupa o cargo de diretor comercial da Coopercarne (Cooperativa Agropecuária de Roraima), diretor da UNIRR (União dos Empreendedores de Roraima) e sócio-presidente do Frigo 10 Ltda, maior empreendimento privado já surgido em Roraima. Antônio Denarium se diz otimista quanto ao sucesso de sua possível candidatura. “Acho que chegou a hora de fazer algo por essa terra que eu tanto amo e que muito me oportunizou. Hoje sou roraimense de coração e tenho gratidão e apreço por todos que me ajudaram a alcançar o sucesso e ser um vencedor”, disse.

Envie e-mail para luizvalerio@blogdoluizvalerio.com.br com dicas e sugestões de pauta e temas.
Qual a sua opinião a respeito dos tópicos desta coluna? Diga no espaço dos comentários abaixo.

Comente com o Facebook