Uma ameaça encaminhada a vários deputados estaduais, feita supostamente por uma das pessoas envolvidas na Operação Cartas Marcadas, esquema de desvio de recursos desmontado pelo Ministério Público Estadual (MPRR) na Assembleia Legislativa, em 2016, levou o deputado Brito Bezerra (Progressistas) a registrar boletim de ocorrência na polícia.

O parlamentar disse a este jornalista-blogueiro que não tem nenhuma participação nessa questão nem no polo passivo nem do polo ativo. Por isso, não aceita ser ameaçado por mensagens de celular por envolvidos no esquema desmontado pela polícia.

Faz alguns dias que o parlamentar procurou nossa reportagem, dizendo que ele e outros parlamentares que compõem a Assembleia Legislativa receberam a mesma mensagem intimidatória e, por isso, decidiu denunciar o caso à polícia.

De acordo com o boletim de ocorrência (B.O) registrado pelo deputado Brito Bezerra, a mensagem recebida por ele diz textualmente que “o desembargador Ricardo voltou e vai julgar nosso processo e já estamos na segunda instância que leva direto todos para a cadeia”.

A mensagem continua: “a única chance que temos no momento é delação. Bom, o que eu preciso é que vocês se movimentem pra segurar o processo até virar o ano e sair essa governadora que armou tudo, junto com seu marido”.

No boletim de ocorrência, o deputado Brito Bezerra diz acreditar que a mensagem tenha, sim, ligação com a Operação Cartas Marcadas, desencadeada pelo ministério público, para apurar fraudes em licitações no Poder Legislativo estadual.

Brito diz que, para ele, o que importa é que ele não tem nenhuma participação nessa questão. Por isso, o parlamentar diz querer ver o assunto esclarecido.

Brito disse ter buscado a ajuda da polícia para deixar claro que jamais iria se envolver no caso para fazer qualquer pedido, no sentido de segurar o processo, como sugere o autor da mensagem. O parlamentar afirma que vai buscar o esclarecimento desse caso até as últimas consequências.

O parlamentar encaminhou um memorando à mesa-diretora da Assembleia Legislativa, pedindo providências sobre o caso, mas disse não ter recebido nenhuma resposta até hoje.

Veja abaixo o Memorando que o deputado Brito Bezerra encaminhou à mesa-diretora da Assembleia Legislativa, cobrando providências quanto às ameaças:

Memorando enviado por Brito à mesa-diretora da Assembleia Legislativa
Shares
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Memorando enviado por Brito à mesa-diretora da Assembleia Legislativa

Comente com o Facebook