DEU NA COLUNA PARABÓLICA DA FOLHA DE BOA VISTA

INDISPONÍVEIS 1
O juiz federal Helder Girão Barreto publicou ontem um edital de intimação tornando pública a decisão de uma ação civil pública sobre o “caso gafanhoto”. Foram tornados indisponíveis os bens e depósitos em conta corrente dos recém-eleitos deputado federal Neudo Campos e da deputada estadual Aurelina Medeiros, além de dois irmãos da parlamentar. A publicação está na página de Editais de ontem (página 8B).

INDISPONÍVEIS 2
Estão indisponíveis também depósitos em poupança e aplicações financeiras no Brasil e exterior dos quatros citados na intimação até o limite suficiente para ressarcir o dano ao erário público federal no valor de R$ 4.718.706,04. O prazo para contestação é de 30 dias, conforme o edital. Esta é a primeira decisão sobre o caso gafanhoto para ressarcimento aos cofres públicos.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!