A partir de hoje os eleitores podem se habilitar para o voto em trânsito

Está chegando a hora decisiva do voto

Depois de um mês e 15 dias de campanha eleitoral, além dos mais de sete meses de pré-campanha em que os candidatos fizeram reuniões e eventos de forma deliberada, chegamos, enfim, às vésperas das eleições gerais deste ano de 2018. Trata-se de um momento decisivo para a sociedades brasileira e roraimense.

Nunca, como agora, os eleitores estiveram municiados com tantas informações sobre candidatos enrolados com a justiça e sobre a participação de figurões da política envolvidos em esquemas de corrupção. Podemos dizer que só vai votar errado ou manter no poder as mesmas figuras de sempre quem quiser que Roraima permaneça no estado de pasmaceira que temos experimentado nas últimas décadas.

Quando o domingo, 7 de outubro, chegar espera-se dos eleitores uma conduta cidadã para escolher (ou tentar fazê-lo) os melhores nomes como seus representantes no governo estadual, na Assembleia Legislativa, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal para os próximos quatro e oito anos.

O conselho deste blog é que os votantes que leiam essas linhas expulsem da vida pública todos aqueles políticos que nos envergonharam durante os últimos anos. Chegou a hora de fazer uma faxina geral.

Desde os movimentos contra a corrupção no governo do PT, que culminaram com o impeachment da presidente Dilma Rousseff, surgiu no Brasil um movimento pela renovação na política.

Graças à atuação corajosa e decisiva dos procuradores da Lava Jato, políticos de todas as cores partidárias passaram a ver seus nomes aparecerem ora no noticiário político ora no noticiário policial. Resumindo, a política brasileira virou caso de polícia. Daí a nossa vergonha de decepção.

Para mudar essa situação vexaminosa, nós, eleitores, temos nas mãos nossa única e mais poderosa arma contra os estelionatários da política: nosso voto. Quando você, caro eleitor, estiver frente a frente com a urna, pense em todos os problemas que afligem você e toda a sociedade aqui em nosso estado.

Pense no quanto você sentiu vergonha ao assistir o noticiário e ver a imagem do político que você tinha como ídolo estampada na tela da televisão, acusado de ser participante dos mais imundos esquemas de corrupção que desviaram bilhões de reais, resultando na carência de remédios nos hospitais, transporte e merenda para os estudantes, asfalto de qualidade para as estradas.

Saiba que é da ação inescrupulosa dos políticos corruptos nascem todos os males que nos prejudicam no dia a dia.

Continuar elegendo as mesmas pessoas será permanecer mergulhado nos problemas de sempre. Com tantas informações disponíveis e com tantos indícios que ligam determinados políticos graúdos a mal feitos, não há razão para continuar elegendo aqueles que, ao fim e ao cabo, representam verdadeiramente a escória da política. É preciso dizer-lhes um sonoro “NÃO!”.

Bom e consciente voto! É o que desejamos.

(Texto publicado originalmente como editorial do Jornal Roraisul, edição extra de outubro)

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!