Sala de Guerra Eleitoral do Facebook

Facebook cria ‘sala de guerra’ para combater interferência nas eleições do Brasil

O Facebook montou uma “Sala de Guerra” voltada para eleições físicas (War Room) para solucionar problemas ligados ao processo eleitoral no Brasil e no mundo criados a partir do uso das tecnologias disponibilizadas pela gigante da Internet. A War Room fica situada sua sede, em Menlo Park, Califórnia.

Com o novo mecanismo, o Facebook pretende evitar a indevida interferência da sua gigantesca plataforma social nas eleições brasileiras, americanas e em outros países do mundo.

Mas enquanto se esforça para combater as Fake News na sua rede social planetária, as notícias falsas causam estrago e mal-estar sem precedentes na sua outra plataforma de mensagens de celular, o WhatsApp.

O anúncio da criação da War Room acontece exatamente no dia em que o jornal Folha de São Paulo denunciou que empresários brasileiros financiaram uma verdadeira guerra de Fake News no WhatsApp contra o PT para favorecer o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo publicação feita nesta quinta-feira (18) no blog da empresa, o Newsroom, o objetivo da “Sala de Guerra” é juntar num só lugar os especialistas certos de toda a empresa em um único lugar para que eles possam solucionar problemas potenciais criados a partir do uso das ferramentas ofertadas pelo próprio Facebook. Espera-se, assim, poder responder rapidamente.

Fighting Election Interference in Real Time

“Esses funcionários representam e são apoiados por mais de 20.000 pessoas que trabalham com segurança e proteção no Facebook. Quando todos estão no mesmo lugar, as equipes podem tomar decisões mais rapidamente, reagindo imediatamente a quaisquer ameaças identificadas pelos nossos sistemas, o que pode reduzir a disseminação de conteúdo potencialmente nocivo”, diz o post assinado por Samidh Chakrabarti, chefe de engajamento cívico do Facebook, no blog Newsroom.

O Facebook afirma que vem adotando medidas drásticas para coibir a disseminação de Fake News e para evitar a interferência da sua plataforma social nas eleições brasileiras. No post ele diz que a reposta para os problemas surgidos tem sido rápida e que em até duas horas consegue identificar e apagar notícias falsas com alto poder de viralização e influência negativa do eleitorado.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!