Estrada do Tepequém

Governo de Roraima precisa dar mais atenção ao Turismo Ecológico

A Serra do Tepequém é certamente um dos lugares mais lindos do Brasil.

Seu povo, sua história, suas corredeiras, suas cachoeiras, o platô da serra, seus despenhadeiros, suas trilhas e sua história fazem daquele lugar um pequeno paraíso na terra.

Turistas de várias partes do Brasil, da Europa e da América aportam na Vila do Tepequém para desfrutar das suas belezas naturais, praticando o turismo ecológico e de aventura.

O ar bucólico do lugar é tudo o que podemos esperar de um ambiente de paz, de tranquilidade e propício para recarregar nossas energias para prosseguirmos com nossa jornada.

Este final de semana estive, mais uma vez, no Tepequém. E a sensação é sempre de deslumbre, como da primeira vez. Adoro aquele lugar!

Porém, tudo continua como antes quando o assunto é a falta de ação do governo para proporcionar melhores condições de acesso à vila.

A rodovia estadual RR 203, que dá acesso à cidade de Amajari e de lá à Vila do Tepequém está em situação deplorável.

Trafegar pela RR 203 é um risco constante. Muitos são os acidentes que acontecem naquela rodovia sempre movimentada. Isso porque a procura pelas belezas do Tepequém é intensa.

No ano passado, o Governo de Roraima prometeu asfaltar a estrada e fez um ensaio do que seria a obra. Até aqui quase nada foi feito.

Os muitos buracos existentes ao longo do caminho foram tapados com barro pelos próprios moradores da região.

A empresa contratada pelo governo arrancou pedaços de asfalto em vários trechos da estrada, mas não fez o serviço.

Apenas as pontes de madeira foram reconstruídas em sua grande maioria. Uma delas ainda está em obras.

O descaso dos sucessivos governantes para com o setor de Turismo Ecológico e de Aventura em Roraima é algo inexplicável.

Como pode um estado que não dispõem de um setor industrial pujante nem de um comércio forte menosprezar de forma tão absurda um dos seus maiores potenciais, que é o turismo?

Não dá para entender!

O governo de Suely Campos (Progressistas) também elaborou um projeto de construção de equipamentos de infraestrutura no Tepequém – como um mirante – para fomentar o turismo.

Mas, assim como a estrada, tudo não passou de promessa vazia. Lamentável!

Os moradores da charmosa vila não querem modernidade. Anseiam apenas por infraestrutura de comunicação (conexão à Internet e telefonia celular de boa qualidade) e estrada trafegável para possibilitar a chegada e dar comodidade aos turistas.

Isso é tudo que o Tepequém precisa. Tudo o mais deve ficar como está. O tamanho da vila e seu bucolismo devem se manter intocados.

O governo vindouro de Antônio Denarium (PSL) precisará investir no setor de Turismo, dando uma atenção especial ao Tepequém.

Todos sairemos ganhando. E a economia do Turismo agradecerá.

Ponte na estrada do Tepequém

O governo estadual reconstruiu algumas pontes de madeira situadas ao longo da estrada que leva ao Tepequém

A paisagem no Tepequém é algo simplesmente deslumbrante.

A vista impagável de Tepequém. #vidainnatura #turismoecologico

Publicado por Luiz Valério em Sábado, 3 de novembro de 2018

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!