Josiel Morais da Silva é acusado de feminicídio

Ministério Público denuncia homem acusado de feminicídio

O Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), denunciou à Justiça, na última terça-feira (30 de outubro), Josiel Morais da Silva, pelo feminicídio da sua companheira I.S.Q, ocorrido no município de Iracema.

Conforme as investigações conduzidas pela Delegacia de Polícia do município, na noite do dia 23/09, a vítima foi morta pelo denunciado com uma facada dentro sua residência, onde também se encontravam seus três filhos pequenos.

Consta na denúncia, protocolada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Mucajaí, que Josiel Morais da Silva e a vítima mantinham um relacionamento conturbado o que ocasionou, inclusive, uma prisão anterior do denunciado por violência doméstica. Conforme testemunhas do caso, Josiel não aceitava o término do relacionamento.

O promotor de Justiça Ulisses Moroni Júnior destaca que a vítima, após sofrer o golpe, ainda saiu da residência a procura de ajuda e diante da situação o denunciado empreendeu fuga, sendo capturado apenas no outro dia.

“Infelizmente a vítima é mais uma mulher morta no País pelo companheiro por motivo torpe. A sociedade anseia por justiça e esse tipo de crime não pode ficar impune”, lamenta Ulisses Moroni.

Caso a denúncia seja acolhida pela Justiça, o denunciado poderá ser condenado por homicídio qualificado por feminicídio, praticado na presença de um dos filhos, mediante motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima. A Pena mínima para casos como estes são de 16 anos de reclusão.

feminicídio em Iracema

I.S.Q foi morta na frente dos filhos pequenos com um golpe de faca desferido pelo companheiro embriagado

Com informações do Ministério Público de Roraima

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!