O destino de Lula é a cadeia. Tudo indica

O tão esperado voto da ministra Rosa Weber agora é conhecido. Ela votou contra o Habeas Corpus impetrado pela defesa de Lula.

Ao proferir seu longo voto, Rosa Weber disse que votaria de acordo com o entendimento já adotado por ela em outras situações.

Citou inclusive um voto recente, quando ela negou HC contra a prisão em segunda instância.

O ministro Luiz Fux ao ler o seu voto disse que o STF fixou o entendimento jurídico de que a execução provisória da pena não fere o princípio da presunção de inocência.

Esse também foi um dos argumentos apresentando por Rosa Weber.

Assim, Fux deu o quinto voto pelo cumprimento da pena pelo ex-presidente Lula.

Toffoli, que vota agora, qualificou o voto de Rosa Weber de primoroso e aponta que deve seguir também com o relator.

Atualização:

O ministro Toffoli votou com Gilmar Mendes pela aceitação HC impetrado pela defesa do ex-presidente Lula. Agora o resultado do julgamento está em 5 x 2 pela prisão de Lula.

Toffoli começou qualificando o voto da ministra Rosa Weber, que foi contra o HC, de primoroso para, depois, externar seu voto a favor do Habeas Corpus e consequentemente pela mudança de entendimento quanto à prisão após condenação em segunda instância.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!