Os acertos e desacertos dos pré-candidatos em busca de popularidade

Tempo de leitura: 1 minuto

Nesse período de pré-campanha vale tudo para tentar ficar mais próximo do eleitorado e parecer “gente como a gente” por parte de alguns pré-candidatos. O professor Haroldo Campos, proprietário da Faculdade Cathedral e pré-candidato a senador, passou a disponibilizar a estrutura da sua instituição de ensino, com a participação dos alunos, para levar ações de prestação de serviços aos moradores de municípios interioranos. Iracema foi uma das cidades que recebeu um desses eventos de ação social, no começo de maio.

Participaram da ação em Iracema alunos dos cursos de Odontologia, Fisioterapia, Farmácia e Direito. “Nosso grande objetivo ao realizarmos essa ação foi levar nossos acadêmicos a praticar o que eles aprendem em sala de aula”, disse Luiz Fernando Mendes, diretor da Faculdade Cathedral, destacando que a ideia de realizar essas ações de cunho social de Haroldo Campos.

No domingo, dia 13, foi a vez do ex-governador José de Anchieta, pré-candidato a voltar ao Palácio Senador Hélio Campos, tentar aparecer bem num evento que teve o objetivo de comemorar o Dia das Mães, na periferia de Boa Vista. Neste último caso, o tiro em busca de popularidade saiu pela culatra e chamuscou o tucano, que até aqui tem aparecido bem nas pesquisas de intenção de votos.

A aparição de Anchieta acabou se tornado numa participação vexatória, onde os presentes demonstraram desprazer em vê-lo no local do evento. Foram feitas promessas de chuva de pétalas de rosas e de sorteio de presentes e nada do que foi anunciado foi cumprido. Por pouco a festa não terminou em grande confusão.

Comente com o Facebook