PODRES PODERES

O deputado roraimense Luciano de Castro (PR) deu uma demonstração de sinceridade fisiológica em entrevista ao jornal O Globo, publicada na edição desta quarta-feira, 24. Ele admitiu o atrelamento político de parlamentares ao governo por puro medo de perder a influência junto às suas bases nos estados e municípios. E, aí, para manter a proximidade do poder pouco importa a manter a independência do governo ou o respeito às promessas feitas aos eleitores.

– O PL sempre foi um aliado [do governo Lula]. Vários deputados precisam estar na base aliada. Caso contrário começam a perder [o apoio] de prefeitos e vereadores. Um deputado precisa do governo – não agüenta muito tempo na oposição. É como um castelo de areia que se esfarela: se o deputado não responder às necessidades de suas bases, começa a perder apoios.

O PR, antigo PL, foi um dos muitos partidos implicados no escândalo do mensalão e segundos analistas políticos da Capital Federal teriam se vendido ao PT por R$ 6 milhões para apoiar a eleição do presidente Lula. Quem primeiro noticiou as pérolas discursivas de Luciano de Castro foi o Blog do Noblat

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!