conflitos em Pacaraima

Polícia Civil instaura inquéritos para apurar assalto e prática de incitação pública em Pacaraima

Dois inquéritos foram instaurados pela Polícia Civil em Pacaraima. Um para apurar o crime roubo praticado por quatro homens de origem venezuelana contra o comerciante do município, Raimundo Nonato de Oliveira, 55 anos, e sua esposa, e outro referente à requisição do Ministério Público Estadual para apurar os crimes de discurso de ódio, xenofobia e incitação pública, que teria ocorrido por meio de uma manifestação nas ruas do município, logo após o ataque de ladrões ao empresário.

A delegada Rozane Wildmar, da Delegacia Geral de Polícia, encaminhou reforço de efetivo para o município fronteiriço com a Venezuela. De acordo com Wildmar,todos os policiais lotados na cidade que estavam de folga, foram convocados para retornar aos serviços por interesse da administração.

A delegada informou que o primeiro inquérito policial instaurado apura o crime de roubo majorado praticado contra o comerciante Raimundo Nonato de Oliveira, ocorrido na noite de sexta-feira (17), quando ele teve a residência invadida por quatro homens venezuelanos, e agredido violentamente.

Raimundo Nonato de Oliveira foi socorrido por vizinhos e levados ao Hospital do Município. Por se encontrar em situação clínica mais grave, Raimundo Nonato foi removido para Boa Vista e após atendimento médico recebeu alta.

Na segunda-feira (20), o comerciante prestou declarações à delegada, que ouviu ainda outras três pessoas sobre esse crime. De acordo com a delegada, a Polícia já tem indícios da autoria do crime, mas por se tratar de estrangeiros eles ainda não foram detidos.

A violência praticada contra o Raimundo Nonato, resultou em uma manifestação na cidade de Pacaraima, no último sábado, com a expulsão dos venezuelanos da cidade, que tiveram suas barracas e objetos pessoais queimados.

Para conter os ânimos e evitar tragédias, a governadora Suely Campos determinou às forças de Segurança que fosse encaminhado reforço ao município. A Delegada Geral de Polícia, Giuliana Castro, foi à Pacaraima e acompanhou o início dos trabalhos.

Com a supervisão editorial de Luiz Valério

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!