Redução de Orçamento da Câmara de Boa Vista gera debate entre vereadores

O presidente da Câmara Municipal de Boa Vista, vereador Mauricélio Fernandes (MDB), disse que a Casa sofreu uma redução em seu Orçamento da ordem R$ 7 de milhões. Ele observou que, mesmo com a redução, pagou o décimo terceiro salário dos servidores efetivos da Câmara nesta terça-feira (3).

De acordo com Fernandes, a mesa-diretora da Casa trabalhava com um Orçamento de R$ 42 milhões e teve que voltaria administrar um valor de pouco mais de R$ 34 milhões.

Mauricélio Fernandes (MDB), disse que foi surpreendido por uma nova publicação do Orçamento Municipal, o que resultou na redução das verbas da Câmara.

O valor repassado aos gabinetes foi reduzido em aproximadamente R$ 6,5 mil os vereadores tiveram que demitir até 5 pessoas, como foi o caso de vereador Renato Queiroz (MDB).

Ao tratar do assunto, o vereador Rômulo Amorim (PTC), se queixou da falta de isonomia no tratamento dispensado aos vereadores pelo Poder Executivo Municipal.

“Apenas 3 vereadores se reúnem com o Executivo. Criou-se uma casta de vereadores e isso já se tornou uma coisa chata”, disse Amorim.

Por sua vez, a vereadora Magnólia Rocha (PRB) chamou os colegas à responsabilidade no que dia respeito à briga vaidosa pelo poder no âmbito do Poder Legislativo. “O que está havendo aqui é uma briga pelo poder, para saber quem é mais poderoso. É preciso acabar com isso”, disse a parlamentar.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!