Rosa Weber nega pedido e PT vai ao STF para adiar substituição de Lula

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Rosa Weber, rejeitou no domingo (9) o pedido do PT que solicitava a prorrogação do prazo estipulado para a escolha do novo candidato à Presidência da coligação “O Povo Feliz de Novo”, no lugar do ex-presidente Lula.

Com a decisão contrária no TSE, o partido ingressou com uma petição no Supremo Tribunal Federal pedindo a suspensão do prazo, que irá até a próxima terça-feira (11). A sigla solicita a mudança da data limite para 17 de setembro. O pedido deve ser avaliado pelo ministro Celso de Mello.

Em sua decisão, Rosa Weber também encaminhou ao Supremo Tribunal Federal a decisão acerca da admissibilidade da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva. A defesa do petista havia entrado com 1 recurso extraordinário no TSE.

Para os advogados de Lula, a posição de Rosa Weber de enviar a decisão ao Supremo é favorável, já que admite a necessidade de discussão na Corte, por haver assuntos constitucionais na questão.

Com informações de Poder360

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!