falta de comida na penitenciária agrícola

Sejuc raciona comida para detentos da Penitenciária de Monte Cristo

Está faltando comida para os presos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo. O blog recebeu essa denuncia da esposa de um detento que mora em São João da Baliza, na tarde de ontem.

Coincidentemente, poucas horas depois a informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de Roraima, informando que a juíza da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça de Roraima, Joana Sarmento de Matos, pediu da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) informações sobre o racionamento de comida nas unidades prisionais.

O controle no fornecimento da comida para os presos estaria comprometendo a realização de audiências.

De acordo com a juíza Joana Sarmento, chegou ao conhecimento da Justiça a informação de que os presos estão se recusando a participar das audiências por causa do racionamento de comida dentro da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

A juíza disse que as audiências das Varas Criminais que estavam pautadas para a maior unidade prisional do estado não foram realizadas nos últimos dias. A Vara de Execuções Penais instaurou procedimento em virtude da frequente falta de alimentação dos presos.

A Juíza Joana Sarmento também pediu pede esclarecimentos à empresa responsável pelo fornecimento de alimentação ao sistema prisional também deverá prestar informações ao Judiciário sobre os motivos do racionamento de alimentos.

O Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Tribunal de Justiça tem por atribuição acompanhar as prisões provisórias e a execução penal, além de fiscalizar as condições dos estabelecimentos penais, realizar mutirões carcerários entre outros.

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!