entrevista suely campos - blog do luiz valério

Suely Campos atribui reprovação do seu governo a dificuldades financeiras, mídia opositora e entraves institucionais

Demorou, mas saiu nesta terça-feira (3), a entrevista com a governadora Suely Campos (Progressistas) no programa Direto ao Ponto, apresentado por este jornalista-blogueiro, na Rádio Tropical FM -94.1.

Suely respondeu a perguntas do público e do apresentador sobre suas ações e pendências do seu governo, como o pagamento em atraso de programas sociais como o Crédito do Povo, sobre concursos prometidos e não realizados, como o da Educação e Polícia Civil, e sobre obras inacabadas, como o Estádio Canarinho, e sobre o fechamento do Campus da Universidade Estadual (UERR), em Baliza.

A governadora de Roraima atribuiu à crise financeira do País e às restrições orçamentárias do estado, os problemas ainda não solucionados por seu governo. Também culpou a oposição por entraves como a não conclusão do Linhão de Tucuruí, que faz Roraima viver imerso numa permanente crise energética.

Questionada sobre a auditoria das contas da gestão do ex-governador José de Anchieta (PSDB), feita logo que ela assumiu o governo, Suely Campos disse ter repassado o caso para os órgãos de controle que até agora não se pronunciaram sobre o assunto. Ela voltou a afirmar que Anchieta deixou o estado quebrado.

A chefe do Executivo estadual disse que a campanha sistemática dos veículos de comunicação do seu principal opositor, o senador Romero Jucá (MDB), contribui para a percepção negativa e reprovação do seu governo, mas disse acreditar que vai conseguir comunicar devidamente os feitos da sua administração durante a campanha eleitoral deste ano.

“Contra número não há argumentos”, disse ela, ao afirmar que seu governo fez mais que às administrações anteriores.

Acompanhe a entrevista abaixo:

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!