Superintendente do DNIT esclarece polêmica envolvendo carros

Tempo de leitura: 1 minuto

Uma polêmica envolvendo duas caminhonetes supostamente alugadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte em Roraima (DNIT) em Roraima se estabeleceu nas redes sociais e grupos de WhatsApp desde a tarde deste domingo (18). Os carros tariam sendo usado em desvio de função, o que acarretaria em ilegalidade uma vez que se trata de um ógrão federal que deve zelar pelos recursos públicos.

“O DNIT é um órgão público e custeado pela União, são os nossos impostos que esta sendo gasto alí. Cadê o Ministério Público da União pra devidas providências?” questiona uma postagem no Facebook.

Diante da polêmica, a superintendente do DNIT em Roraima, Deuchelly Roberta de Oliveira, emitiu uma nota de esclarecimento negando que as caminhonetas sejam alugadas pelo órgão federal. Segundo a nota, os carros pertencem a empreiteiras que prestam serviço para o DNIT.

“Os carros que estão nas fotos não são carros oficiais do DNIT e não são alugados ou pagos pelo DNIT”, diz o comunicado. “Os referidos carros são de empreiteiras que realizam obras para o DNIT e colocaram sem conhecimento e sem autorização a logomarca de identificação do DNIT”, diz a nota, esclarecendo que às empreiteiras serão notificadas pelo uso indevido da identificação do órgão.

Veja a íntegra da nota abaixo:

Nota de esclarecimento do DNIT

Comente com o Facebook