TRE Roraima recebe 640 pedidos de registros de candidatura

Terminado o prazo para registros de candidaturas para as Eleições 2018, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) fechou a lista com 640 pretendentes aos diversos cargos em disputa para o governo, Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado Federal.

Ao todo se registraram 5 candidatos ao governo (e seus respectivos candidatos a vice), 11 candidatos às 2 vagas ao senado (com seus 1º e 2º suplentes), 139 candidatos às 8 vagas em disputa na Câmara Federal e 458 postulantes às 24 vagas de deputado estadual.

Para o cargo de governador, foram registrados cinco candidatos: Antônio Oliverio Garcia de Almeida (Coligação Agora é Roraima com Tudo), Fábio Gonçalves de Almeida (Frente de Esquerda Socialista), José de Anchieta Júnior (Todos Por Roraima), Maria Suely Silva Campos (Na Luta por Roraima) e Telmário Mota de Oliveira (Dê uma Chance para Roraima)

As duas cadeiras no Senado Federal poderão ser disputadas por 11 candidatos: Ângela Maria Gomes Portela (Coligação Na Luta por Roraima), Antônio Mecias Pereira de Jesus (Agora é Roraima com Tudo), Christian Costa dos Santos (Patriota), Francisco de Assis Rodrigues (Todos por Roraima), Isamar Pessoa Ramalho (Agora é Roraima com Tudo), Júlio Augusto Magalhães Martins (Dê uma Chance para Roraima), Lourival Gomes da Silva Ferreira (Frente de Esquerda Socialista), Luciano de Souza Castro (Na Luta por Roraima), Romero Jucá Filho (Todos por Roraima), Rudson Leite da Silva (Dê uma Chance para Roraima) e Telma Marques da Silva (Frente de Esquerda Socialista).

Para concorrer às oito cadeiras na Câmara Federal, foram registrados 139 candidatos a deputado federal, o que dá uma média de 17,37 por vaga. As 24 cadeiras da Assembleia Legislativa Estadual serão disputadas por 457 concorrentes, o equivalente a 19,04 por vaga. Foram registrados ainda 22 candidatos a suplentes de senador e cinco candidatos ao cargo de vice-governador.

Agora virá o julgamento dos pedidos de registro

O próximo passo do TRE seja o julgamento de cada candidatura, o que deve ser feito pelo tribunal regional eleitoral tem até o dia 17 de setembro para decidir, finalmente, quem tem as devidas condições de elegibilidade ou não.

Conforme a Resolução TSE 23.548, que dispõe sobre o registro de candidatura, caberá a qualquer candidato, partido político, coligação ou Ministério Público, impugnar o pedido de registro, no prazo de cinco dias, contados da publicação do edital. Em Roraima, os editais com a lista dos candidatos foram publicados no Diário da Justiça Eletrônico nos dias 10, 13, 14, 16 e 17 de agosto.

A partir da publicação do edital, correrá o prazo de dois dias para que o candidato escolhido em convenção requeira individualmente o registro de sua candidatura, caso o partido político ou a coligação não o tenha requerido.

Terminado o prazo para impugnação, o candidato, partido político ou coligação serão notificados para, no prazo de sete dias, contestá-la ou se manifestar sobre a notícia de inelegibilidade, juntar documentos, indicar rol de testemunhas e requerer a produção de outras provas, inclusive documentais.

Com informações do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima

Comente com o Facebook

Leave a Reply

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as últimas notícias e atualizações feitas por nossa equipe!

Sua inscrição foi feita com sucesso!